22 de junho de 2011

Lanterna Verde




Como eu já havia mencionado antes, eu gosto muito das histórias de super-heróis. Se tem um filme sendo feito de um livro em quadrinhos, com certeza eu vou assistir ou pelo menos querer assistir.

Porém quando o trailer do Lanterna Verde saiu, eu não fiquei muito interessada. Eu vi um monte de criaturas feias e pensei, 'quem gosta de ir no cinema pra ver um monte de coisas feias?' Mas meu marido disse que se lembrava da história em quadrinhos e que devia ser interessante.

Então, eu fui assistir sem esperar muito do filme, mas pra minha surpresa... bem, eu fiquei realmente surpresa.

O Lanterna Verde não é como os outros filmes de super-heróis que eu já assisti, que sempre parece revolver em volta da garota ou quanto o cara apanha ou quanto ele sofre antes de finalmente conseguir derrotar os seus inimigos.

O filme não é sobre a garota, não é sobre o super- poder, é sobre algo que todos nós enfrentamos todos os dias da nossa vida e é isso que faz o filme tão bom!

Ele tem uma mensagem bem clara, é como se a história toda tivesse sido escrita pra passar uma única, específica, direta e forte mensagem e o filme todo focaliza nisso.

Eu gostei muito, muito mesmo e recomendo a todos. Eu ri aqui e ali, mas só porque eu acho o Ryan Reynolds bem engraçado por causa de seus outros personagens e parece que não importa o que ele faz, a cara dele é sempre engraçada.

Eu não vou contar pra vocês qual é a mensagem, senão quando você for assitir, já vai saber de tudo.

Você deve ir, assistir e depois voltar aqui e deixar a sua opinião nos comentários.

Então, eu assistiria de novo? Ah sim! Eu ASSISTIREI de novo? COM CERTEZA!!

7 comentários:

  1. Amo pegar uns filmes pra assistir com meu esposo... Vou procurar... Mas a gente tinha q ficar na curiosidade mesmo, D Raphaaa??? rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Ai D.Rapha!!!!!!!!!!!!!!!
    Que saudade que eu estava da senhora e das suas postagens.
    Nossa...fiquei tão feliz quando vi que tinha um novo resumo de mais um filme assistido pela senhora...senti muito sua falta!

    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  3. Donaa Rapha já souu seguidoraaa ok??!
    Dá uma passadinha lá em meu blog ... http://bruna-soave.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OI Dna Rafha, gostei muito desse blog, tbm amo cinema, acabei de assistir ao filme e tbm gostei muito, é muito difícil admitir nossos medos, e enfrenta-los então, nem se fala, mas qdo conseguimos as recompensas são incríveis. Bjos

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHA.. Eu assisti só hj, mas lembrei que a senhora tinha falado alguma coisa que tinha nesse filme, quando comecei assistir ficou claro...
    Nao sei se já pode falar, mas o tema é sobre o medo, a única coisa que matava as pessoas e os lanternas era seu próprio medo que aumentava as forças do mal.. achei interessante essa mensagem do filme, realmente super clara..
    Beijinhos, :)

    ResponderExcluir
  6. Sim eu assisti e amei, realmente a mensagem passada é percebida logo no inicio do filme, é incrivel...o que o medo não faz com a pessoa, impedi até mesmo aquilo já é dela, fazendo com que ela acredite que não qualificada para aquilo, e realmente isso que o diabo faz com as pessoas.
    realmente muito bom esse filme, assisti varias vezes e gostei bastante!! Paty Abreu Fortaleza - CE

    ResponderExcluir