9 de março de 2012

Para Sempre




Eu sempre achei que existe uma coisa diferente quando um ator sério (quer dizer, um ator que está sempre com a cara séria independente do filme que esteja fazendo) que faz um filme romântico. Não sei, acho que um rosto misterioso só acrescenta na história toda... e esse foi exatamente o meu pensamento quando assisti o trailer de Para Sempre pela primeira vez.

O Channing Tatum raramente sorri em seus filmes, mas ele fez um trabalho tão bom no Querido John que eu achei que colocá-lo junto com a Rachel McAdams, que  a propósito atuou super bem no ‘Diário de uma Paixão’ , seria simplesmente perfeito.

A esposa que sofre um acidente e perde a memória. O marido que tem que lutar para reconquistá-la. A coisa toda sendo baseada em fatos reais. Era a história de amor perfeita...  mas que o filme não contou direito.

Eu tenho que dizer que não foi tudo aquilo que eu pensava que seria. O marido não tem muitas chances de mostrar o amor pela esposa. A esposa me dá um pouco nos nervos. Não tem romance o suficiente e a ‘química’ entre os dois não estava tão presente assim.

Então, o que eu faço logo após assistir o filme? Eu faço um Google da história real, na que o filme é baseado e adivinha?!

Eles não tem quase nada em comum, o que só acrescentou ao meu desapontamento.

Aqui estão algumas coisas que são diferentes entre o filme e a história real:

Filme – Eles vão morar juntos e têm relações sexuais antes do casamento
História Real – Eles não dormem juntos até se casarem e só moraram juntos depois do casamento

Filme – Eles se divorciam (ups, falei demais? rsrs)
História Real  -  Eles só se separam mas nunca se divorciam

Filme – Deus sequer é mencionado
História Real  – Tanto o marido quanto a esposa são Cristãos e vivem de acordo com a sua fé em Deus... Mas Hollywood nunca incluiria esse pequeno detalhe, não é mesmo?

O filme é ok mas não irá para minha lista de favoritos. 

11 comentários:

  1. depois a senhora poderia fazer uma resenha de dear john ;)

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Não assiti o filme, mas acabei de ler o livro e recomendo e muitoooooo, ele da uma aula de fé, esperança e procura por Deus...muito lindo enfim é um livro que me acrescentou muito...

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Não li o querido John mais o filme é bom! só fiquem com ódio da Savanna!rs

    ResponderExcluir
  4. gostei de diario de uma paixão esse filme q vc relata ainda ñ vi mas vi um q lembro-me até hj e recomendo cartas para julieta é novo pode-se dizer assim + é q ele é tão real os fatos nele relatado q mesmo q vc assista ñ se cansa de ver a busca de um amor mesmo com o passar dos anos contrastando com um amor de um jovem casal prestes a subir ao altar e ai q a historia fica interessante será q o jovem casal tem amor suficiente pra dizer o tão sonhado sim vejam e comentem.

    ResponderExcluir
  5. Oi eu amei o filme Pra Sempre e não gostei do seu comentário sobre o filme, é claro que vc está certa quando diz que Hollywood não conta a historia real mas mesmo ela não dando oportunidade pra ele reconquistá-la no final ela percebe o quando eles se completam e entende o porquê que ela se casou com ele mesmo vendo que são muito diferentes ele a amou e foi o único que enxergou ela como ela é.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei chocada! ...
    Ele deviam ter feito como na história real do filme ... :/

    ResponderExcluir
  7. Nossa fiquei muito surpresa, tava até gostando do filme, ai quando ela resolve da uma nova oportunidade pra ele, fiquei mega ansiosa pra ver o que iria acontecer, mais ai quando percebo, os créditos finais do filme , não gostei esperava mais do filme!!

    ResponderExcluir
  8. Assistir o filme e gostei da perseverança dele mesmo ela, não lembrando de nada o amor que ela tem por ela superou os obstáculos.

    ResponderExcluir
  9. Como na maioria dos casos, o livro é melhor que o filme.

    ResponderExcluir
  10. Achei muito interessante a sua análise e concordo plenamente com o detalhe final.

    ResponderExcluir
  11. Que bom, que me alertou ia só perder meu tempo! Gente eu sempre digo que os livros sempre são melhores que filmes. Eu só assisto um filme que foi baseado em um livro depois de ler o livro.

    ResponderExcluir