8 de março de 2012

Eu não sou nada se não um tradicional




Na minha última postagem da Série Crepúsculo eu falei sobre o quão perigoso é uma pessoa viver em função do amor de uma outra, mas hoje eu gostaria de chamar a sua atenção para uma das coisas mais legais sobre a história do Crepúsculo.

Algo raramente encontrado nos dias de hoje: Valores e princípios.

Se você colocar a ficção de lado, você vai ter que concordar comigo que tudo a respeito do Edward tinha a ver com valores. Talvez porque na história ele era de uma outra época, uma época onde as pessoas valorizavam a si mesmas e aos outros, onde respeitavam limites e onde um relacionamento entre mulher e homem não se tratava de paixão, sexo ou seguir o que todo mundo estava fazendo.

Aqui vão algumas coisas que eu gosto muito sobre a maneira em que o Edward lida com o seu relacionamento com a Bella:

·   
Ele é um rapaz de família. Ele entende que há um lugar pra cada um em uma família. Ele respeita os seus pais e irmãos e não os ignora ou esquece deles por causa do seu amor por Bella.

Ele insiste que a Bella conte para o seu pai sobre o relacionamento dos dois. Ele vai à sua casa para pedir a permissão dele.

Ele quer o melhor pra ela. Ele quer a felicidade dela, ainda que isso significasse ter que deixá-la.

Eles namoram mas não dormem juntos. Ele pensa que sexo é algo para depois que estiverem casados.

E aqui está o que eu acho o máximo: Ele quer se casar com ela! Ele não quer tê-la por algumas semanas e depois trocá-la por outra. Ele não a quer para que possa acrescentar mais um nome à sua lista e aumentar a sua fama de pegador. Ele quer se casar com ela!


Como eu disse, isso é algo raro nos dias de hoje, mas vamos dizer que aconteça. Vamos dizer que um rapaz realmente goste de uma menina e queira esperar a hora certa até pra namorar. Digamos que ele não pensa nela como algo pra ser usado; ele a respeita e quer esperar até o casamento para dormirem juntos. Qual você acha que seria a reação da menina com respeito ao comportamento dele?

Muitas iriam reagir do mesmo jeito que a Bella reagiu. Elas o “amam” tanto (especialmente devido às suas muitas qualidades) que acabam destruindo as mesmas qualidades pelas quais o amam.

O Edward quer pedir permissão pra namorar a Bella. Ela pensa que isso não é necessário.

Ele quer casar com ela. Ela pensa que o casamento é uma instituição falida e algo do passado.

Ele quer se guardar para o casamento. Ela quer tirar a roupa na primeira oportunidade.

Muitas mulheres gostam de culpar os homens por partirem seus corações, por as usarem, por as desrespeitarem, mas como pode se elas há muito tempo já abandonaram o seu respeito próprio?

As moças hoje em dia precisam começar a se valorizarem mais, se respeitarem mais e assim as pessoas, incluindo os homens, começarão a tratá-las de igual modo... 

13 comentários:

  1. É verdade Dna Rapha, isso está claro se analisarmos as atitudes da maioria das meninas nas escolas, nos shoppings. Idolatram o personagem mas se se deparassem com ele, não dariam nem assunto ao menino ou tentariam correompê-lo a todo custo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada,por compartilhar !!Nós pensamos por nós mesmas e isso faz uma grande diferença,por isso eu gosto tanto de ler estes posts!Bjs ..Concordo e penso assim também.

    ResponderExcluir
  3. Interessante, as pessoas da IURD sao muito realistas, e nao vivem de fabulas, isso eh otimo.
    Espero que todas as leitoras entendam que esses filmes, apesar de tudo, nao sao REAIS.

    -Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;

    E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.
    `2 Timóteo 4:3-4`

    ResponderExcluir
  4. Muito boa essa análise e concordo plenamente com tudo que foi escrito;
    Amo o amor a moda antiga...

    ResponderExcluir
  5. É um filme fantasia claro..mas como a sra analisa tambem, mostra um lado que ja perdemos..os valores. Edward é o sonho de todas as meninas, quem não quer um homem que nos cuide, nos valore, ame, sacrifique...ah fala sério né, rssrsr.... Eu gosto dessa série, e ja assisti muito....E ainda mais com as resenhas que a sra ta fazendo, com certeza vou ver tudo de novo..rsrs
    Um abraço. AH nao tenho recebido mais os emails da sra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mag, mandei ontem... dá uma verificada e me deixa saber ok?

      Excluir
  6. Nossa Dna Rapha! A senhora falou tudo!rs
    Eu só assisti o primeiro filme da saga, mas vendo as analises que a senhora tem feito aqui sobre o filme, até me deixa com vontade de ver rsrsr
    O que mais me chamou a atenção foi a análise final que a sra fez, sobre o que as moças de hoje em dia fazem, realmente é isso que acontece...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Karini e Silva Pinal10 de março de 2012 00:02

    Dna Rapha
    Amei essa mensagem!
    Sempre gostei muito de filmes, mas o que mais me chamou a atenção nesse filme, era os valores do Edward.
    Esses valores eu sempre tive, a ponto de até quando não era convertida, nunca beijei como muitas meninas se deixam beijar.
    Sei que pra muitos pode ser careta, ou estranha, mas a minha Fé, o meu amor por Deus e por mim mesma, quero dar ao meu esposo as minhas primícias.
    Obrigado! Beijinhos
    Karini - Brás - São Paulo

    ResponderExcluir
  8. É verdade Dona Nada.
    Hoje em dia, a grande maioria das mulheres não se respeitam, não se amam. E quando elas tem uma oportunidade rara como essa, elas estragam tudo e fazendo com que a fama das mulheres seja negativa, e infelizmente as pessoas generalizam as coisas.
    São muito poucas as mulheres que se valorizam, eu me valorizo, mas passei a me valorizar quando eu encontrei o AUTOR DA FÉ, que me mostrou o quanto eu tinha valor, fazendo oque ELE fez por mim. E eu não tenho duvidas de que terei um Homem que ia me valorizar muito assim como Deus faz comigo e eu também.
    Jessica

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante esse ponto de vista!

    Nunca tinha olhado assim para um filme, eu simplesmente vejo o filme conheço a história e sigo a minha vida, não medito e nem comparo com a actualidade.

    Aprendi muito.. Bjx

    ResponderExcluir
  10. È verdade ainda existe pois conheço um rapaz q em breve vamos começar a namorar, ele tem tanto respeito por mim q tem receio de pegar na minha mão...

    ResponderExcluir
  11. Muito bons os seus textos sobre a saga crepúsculo e filmes em geral (pretendo assistir Escritores da Liberdade graças a sua resenha ) . Mas em relação a saga seus textos confirmaram alguns pensamentos meus e fizeram abrir minha mente para outros detalhes . Eu nunca "odiei" a saga sempre achei a ideia da autora bastante interessante ,só acho que ela não soube como trazer a historia para o papel de forma que não fosse cansativa e nem infantil . Assisti todos os filmes da serie e li apenas o 1º e o último livro ,mas ainda pretendo comprar o box e ler todos os livros.Por a autora ser cristã seria de se esperar que a série fosse pregar valores e princípios e isso é bacana e ao mesmo tempo diferente dos demais filmes românticos que pregam : sentimentos mandam na razão .A autora Lycia Barros escreveu um livro chamado A bandeja :qual pecado te seduz ,com essa pegada do romance Edward e Bella (menina sem graça e cara perfeito) e trouxe para algo próximo a realidade ,essa autora também é cristã e sinto durante os livros várias passagens bíblicas , gostei muito desse livro e acho que vc tb iria gostar :)

    ResponderExcluir