27 de janeiro de 2012

O Preço do Amanhã





A pedido da minha querida seguidora Nubia Onara, aqui está a análise sobre o filme O preço do Amanhã.

Não gostei. kkkkk

Mas antes de eu chegar lá, deixe eu contar um pouco sobre a trama.

A história acontece no futuro, em 2161 pra ser mais exata e todo mundo é geneticamente alterado para parar de envelhecer aos 25 anos de idade e morrer 1 ano depois. Até agora tudo bem.

As pessoas não trabalham mais por dinheiro, elas trabalham por tempo. Elas são pagas com tempo e pagam tudo também com tempo. Elas têm esse relógio no braço que mostra quanto tempo de vida ainda têm.

O personagem principal Will Salas (atuado por Justin Timberlake) é pobre e tem que trabalhar pelas horas que quer viver assim como a sua mãe, até que algo acontece que faz com que ele fique louco da vida e não aceite mais o fato de que os ricos têm séculos de vida e os pobres têm que trabalhar duro para ganhar miseras horas no final do mês.

Mas alguns dos ricos que tinham a ‘eternidade’ pra viver não estão contentes com esse negócio de não morrer nunca, então um cara ricaço se mata e dá para o Will todo o tempo que ele tinha em seu relógio.

O Will então começa a aproveitar a vida to tipo viva-como-se-você-nunca-fosse-morrer e se junta a uma garota mimada/prisioneira-do-seu-próprio-tempo. E agora eles vão juntos salvar o mundo... bem, a parte pobre do mundo.

É como o Robin Hood, roubando dos ricos pra dar para os pobres. Pois é... repetitivo... todos já vimos esse tipo de história antes.

Você acaba não simpatizando muito com a causa deles, o filme não acaba, ou melhor, acaba do jeito que você acha que iria. E é só isso.

É o tipo de filme que quando você começa a assistir você pensa que vai ser muito bom. Começa forte mas aí parece que os escritores não sabiam outra maneira de terminar a história.

É como um moderno Robin Hood. Não é horrível, mas também não é excelente.

P.S.: Agora você decide o filme que eu devo colocar aqui todas as sextas-feiras!!! Por favor vá no cantinho direito e deixe o seu voto :))

6 comentários:

  1. Eu vi lá no meu blog que a srª tinha postado análise nova quando reparei que era o Preço do Amanhã pensei 'êba \o/' quando cheguei aqui 'não gostei'kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ainda bem que eu não gastei meu dinheirinho, ops meu tempo, pra assistir!
    Muito obrigada =)

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de recomendar o filme O Peregrino - Uma Jornada Para o Céu .... Quando eu assisti,não consegui tirar os olhos da televisão..
    Para quem não assitiu vale a pena...

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez, concordo com a sua análise! rsrs
    O filme começa bem, mas por não ter “algo a mais” se torna cansativo. Na minha opinião, o filme em si tinha tanto para oferecer, mas se limitou no tão pouco.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de pedir a análise do filme Cisne Negro.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. dona rapha, a senhora poderia fazer uma analise do filme cisne negro.. assisti mas fiquei meio perdida. kkk
    e gostaria de saber a opiniao da senhora..
    beijo

    ResponderExcluir
  6. Moises-Itapema-SC14 de junho de 2012 04:09

    Moises-Itapema-SC
    gostei do filme...mas realmente da metade em diante torna-se reoetitivo...vc nao ve a hora de chegar o final p saber logo o que vai acontecer...mas vale a pena assistir por reflexao sobre o futuro e sobre o tempo

    ResponderExcluir